O que fez Floriano Vieira Peixoto?

watch_later 24 de janeiro de 2013
comment Comentar
Biografia

Foi Estadista brasileiro (1839-1895). Sentou praça em 1857 e, quatro anos mais tarde, matriculou-se na Escola Militar. Ao eclodir a Guerra do Paraguai, ocupou o cargo de Primeiro-tenente, sendo promovido em 1865 a Capitão e em 1865 a Tenente-coronel.
No início da guerra, Floriano Peixoto iniciara o curso de Engenharia, que concluiria apenas depois do fim da guerra, quando retomou os estudos. Em 1883, elevou-se a brigadeiro, assumindo a colocação de Comandante das Armas do Amazonas, e, no ano seguinte, da província de Pernambuco.
Já durante a República, em 1889, foi promovido a marechal-de-campo e Ministro de Guerra do Governo Deodoro. Nas primeiras eleições da República, as eleições para Presidente e Vice eram em chapas distintas, podendo-se eleger candidatos de partidos opostos para compor a Presidência. Assim, por pequena margem, Marechal Deodoro elegeu-se presidente contra Prudente de Morais, candidato da chapa de Floriano Peixoto, que recebeu mais votos até mesmo que Deodoro, fato que viria a se repetir no Brasil durante a eleição de João Goulart para a Vice-presidência, já no Período Liberal-populista.
Quando Manuel Deodoro renunciou por forte oposição, assumiu Floriano Peixoto, que também sofreu com o mesmo problema, enfrentando-o vigorosamente, recebendo apelidos como Marechal-de-ferro e Consolidador da República, e ganhando seguidores fervorosos, os florianistas.
 



  
>> Gostou desta postagem? Compartilhe!
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)