De repente...

Poesias 

Algum dia, em algum lugar
Ao encontrarmo-nos mais uma vez,
Perdoa-me se, ao olhares nos
Meus olhos, de repente,
Uma lágrima acontecer...
É apenas a explosão
Da saudade e da alegria:
Da vontade de te ver,
Do prazer de te reencontrar. 

ROGERO, N. 

4000 post!  Veja também: (mensagens e poesias) Amor, de Khalil Gibran.

Nenhum comentário:

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELA BARRA LATERAL - OU INFERIOR NO MOBILE) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

Tecnologia do Blogger.