Aves e flores

watch_later 22 de agosto de 2012
comment Comentar

Já estou a rabiscar
Versos sobre as fontes
O parque é de abismar
Sentidos e horizontes
O vale é de encantar.
Atravessamos a ponte
Vem o beija-flor
Tirando o néctar
Batendo as asas no ar,
Tão pequenino com a cor
Variada a beijar as dálias.
Vi de perto a saracura
Com pernas longas e
Corpo de miniatura.
Esse parque é novidade
Vou passá-lo à literatura
Para todos a felicidade
Admirar essa pintura.
O sabiá canta e acasala
Aproveitando a primavera,
O bem-te-vi repete o nome,
É uma sinfonia de pássaros
O entardecer
No Parque das Fontes. 

MESSA, Francisca de Carvalho. 

Veja também: (Literatura) Morte e vida Severina (III)
  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)