Algumas palavrinhas e expressões da língua portuguesa. (III)

watch_later 16 de junho de 2012
comment Comentar

Madrigal – Tipo de composição poética, doce, às vezes galante.
Servidão -  Rua estreita, de uma só mão de direção, comum em algumas cidades brasileiras.
Igarapé – Rio pequeno, por vezes navegável.
Auspicioso – Algo muito bom, próspero. Este vocábulo foi amplamente difundido durante a novela Caminho das Índias, como a tradução de um vocábulo indiano de uso corrente.
Elucidar – sinônimo de esclarecer ou informar, fazer explicação mais detalhada sobre dado assunto.
Penal – Relacionado às penas judiciais previstas em Lei; em algumas regiões do País, sinônimo de estojo.
Mangueira – Nos estados do Sul do Brasil, local onde o gado é confinado antes de ser levado ao brete para ser vacinado, inseminado, etc. Em outras regiões, costuma ser chamada de Curral. Também é nome da árvore que produz uma fruta adocicada e muito saborosa, a manga.
Sinopse - Pequeno resumo. Em emissoras de televisão, o perfil de uma personagem, entregue a um ator/atriz antes do início de uma telenovela, para que ‘o incorpore’ e o estude.
Efusividade – Característica de pessoa muito alegre e expansiva, que se comunica com facilidade.
Taverna / Taberna – Local onde se vendem bebidas alcóolicas a varejo. Em algumas acepções, sinônimo direto de bar.
Rancho – no Sul do País, nome dado às compras mensais de alimentos.
Jaculatória -  Tipo de oração curta e fervorosa.
Pleonasmo – Figura de linguagem em que há reforço de ideia antes mencionada. Muitas vezes, usado desnecessariamente.
Cadência -  Algo que ocorre com regularidade (palavra, gestos ou sons).
Impávido – Termo presente em nosso Hino Nacional, que significa destemido, corajoso.
Antropofagia – Ato de digerir carne humana. Os indígenas americanos, em tempos remotos, praticavam-na por pensar que digerindo a carne, digeriam a inteligência do outro. Movimento modernista que desejava ‘digerir’ a cultura europeia e ‘criar’ uma cultura nacional, no contexto da Semana de Arte Moderna e, posteriormente.
Antropologia – O sufixo logos indica estudo, e o radical antro, pessoa. Intuitivamente pode-se inferir o significado da palavra. É uma ciência complexa, diante do objeto de estudo idem caracterizado. Engloba as ciências como Filosofia, Sociologia, etc. descrevendo o ser humano de acordo com características socioculturais, biológicas, étnicas, entre outras.
Senda – Caminho estreito, trilha ‘no meio do mato’, rumo, direção.
Insípido – Algo que não possui sabor. Teoricamente, a água não possui sabor, o que é disutível, pois nossas papilas gustativas conseguem distingui-la e caracterizá-la durante o contato. Adjetivo que define algo sem graça.


  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)