A serenidade do teu olhar

watch_later 4 de março de 2012
comment Comentar

Poesia e olhares
[Imagem: Olhares]


Teu olhar sereno me cativa,
Teu sorriso ameno me apassiva,
E tua voz meiga desativa,
Meu complexo de inferioridade.
E meu coração, diamante bruto,
Que pulsa na obscuridade,
Ante a iminência de conhecer o paraíso,
Pouco a pouco vai sendo lapidado,
Pois consegues despertar em mim
Com o teu maravilhoso sorriso,
Sentimentos por Deus inventados,
E sinto que a estes vem atrelado,
Movimentos de excitação de minha alma,
Que gosto de sentir... Que me acalma.
Um simples toque teu na minha mão,
Provoca em mi uma reação em cadeia
Que me leva ao delírio,
Mas quando escarceia,
Me leva ao martírio.

EMIR, José.              


Veja também: (História) Período Liberal Populista.


  • chevron_left
  • chevron_right

Seu comentário será publicado em breve e sua dúvida ou sugestão vista pelo Mestre Blogueiro. Caso queira comentar usando o Facebook, basta usar a caixa logo abaixo desta. Muito obrigado!

NÃO ESQUEÇA DE SEGUIR O BLOG DO MESTRE NAS REDES SOCIAIS (PELO MENU ≡ OU PELOS ÍCONES CIRCULARES) E ACOMPANHE AS NOVIDADES!

sentiment_satisfied Emojis do Google (texto para inserir)